-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Acabou o impasse e o depósito do 13º salário dos cerca de 173 funcionários do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi realizado nesta quinta-feira (8). A notícia do pagamento do beneficio trouxe alívio aos profissionais que atuam em dez municípios da região de São João da Boa Vista. 

Na quarta-feira (7), comunicado repassado pelo Conderg (Consórcio de Desenvolvimento da Região de São João da Boa Vista), que administra serviço, informava aos funcionários que os valores estariam na conta na quinta.


“Estávamos na expectativa, mas somente acreditaríamos quando o dinheiro estivesse depositado na conta. Hoje (anteontem) caiu. Esperamos, agora, que haja uma programação para que não ocorra o mesmo neste ano”, disse uma funcionária do Samu que preferiu manter o anonimato.


ENTENDA O CASO


O benefício era para ter sido pago em dezembro de 2017, depois foi adiado o final de janeiro deste ano e, posteriormente, no início de fevereiro, o que não ocorreu.


Os profissionais do Samu são mantidos com recursos custeados pelo governo federal (50%) e municípios (50%), que repassam R$ 1,10 por habitante, valor insuficiente para pagar o 13° salário aos funcionários. Eles dependiam da liberação do empréstimo junto à Caixa Econômica Federal amargam na expectativa por solução.


Fontes informaram que o contrato, celebrado entre o Conderg e a Secretaria de Estado de Saúde, teria sido assinado entre 24 e 25 de janeiro, que o documento ainda seria registrado em cartório e logo em seguida repassado ao banco, que liberaria o recurso que, inclusive, já estaria depositado em uma conta judicial. (I.G.)

viaturas samu

Fonte: O Município e Jornal do Sábado