-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Da primeira cafeteria à chegada ao território brasileiro, o universo da bebida é repleto de histórias fascinantes.

Uma xícara de café tem muita história. A bebida faz jus ao sabor e aroma irresistíveis: com origem na Etiópia, era consumida como um fruto cru antes de ser prensado e dar origem ao líquido que hoje faz parte do dia a dia dos brasileiros. Além disso, tem importante papel na história da aviação. Ficou curioso para saber mais? Veja 10 fatos sobre o café e aumente seus conhecimentos sobre o assunto.

1 - Do fruto cru à bebida
O café nem sempre foi consumido da maneira como fazemos hoje. Acredita-se que o grão tenha sido descoberto na região onde hoje é a Etiópia, por volta do ano 500, e o fruto era ingerido cru, algumas vezes macerado ou misturado em outros alimentos para ser incluído na refeição. Foi apenas no ano 1000 que se descobriu a infusão, tornando o café uma especiaria que passou a ser consumida líquida.

2 - O vinho árabe
Imagine viajar para um país que você não conhece, e descobrir que os cidadãos de lá tem o hábito de apreciar uma bebida deliciosa! Foi assim da primeira vez que os europeus entraram em contato com a cultura árabe. Dizem que o café logo ficou conhecido como “o vinho árabe”. Isso porque a palavra teria origem no termo qahwa, que significa vinho.

3 - Chegada ao Brasil
Se o café é da Etiópia, como ele veio parar no Brasil? A primeira muda foi trazida pelo brasileiro Francisco Palheta, que viajou à Guiana Francesa por volta do século 18 e lá foi presenteado pela esposa do governador local com algumas sementes de café. Sorte a nossa que ele recebeu esse presentaço! Hoje, o Brasil é o maior produtor de café do mundo.

4- Escolhidos a dedo, literalmente
Um café Categoria Especial é super selecionado. Em casos como os cafés de Orfeu, eles ainda passam por uma seleção manual após serem torrados. Os grãos passam por uma esteira onde profissionais analisam cuidadosamente se eles estão em perfeito estado. Um grão que foi mais ou menos torrado ou quebrado durante o processo é retirado.

5 - Concerto da safra
O cuidado com o fruto e com a planta de café na hora de colheita é essencial. Por isso, antes da época da colheita, todos os colaboradores de Orfeu apreciam um concerto de música clássica na fazenda, para trazer harmonia e despertar a sensibilidade de todos.

6 - A bebida abençoada
Ao chegar à Europa, o café não foi visto com bons olhos por religiosos da época. Quem reverteu esse cenário foi o papa Clemente VIII (1592-1605), que não resistiu ao aroma delicioso e resolveu provar a bebida. Ele logo se apaixonou pelo sabor!

7 - O café só perde para a água
O café é a bebida mais consumida pelo brasileiro, depois da água, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café. Está presente em mais de 90% dos lares. Afinal, quem resiste a um cafézinho com pão e manteiga?

8 - Pai da aviação, filho do café
A aviação deve muito da sua história ao café. Todo mundo já ouviu falar em Santos Dumont, conhecido como “pai da aviação” por causa de sua invenção mais famosa, o 14 Bis. Mas, para chegar lá, Dumont precisou de muito apoio, que ele recebeu do pai, o produtor de café Henrique Dumont. A família do aviador possuía uma fazenda no interior de São Paulo, e os lucros vindos do café ajudaram a financiar os estudos de Santos Dumont. Agora, você já sabe, quando pegar o próximo avião brinde ao inventor com um cafézinho!

9 - Café ou divórcio
O café turco é um estilo particular, com sabor bastante concentrado. Apesar de não ser um dos principais produtores, a Turquia é reconhecida como um país onde a bebida tem enorme importância cultural. Para se ter uma ideia, uma lei estabelecida em 1475 pelo então Império Otomano permitia que as mulheres pedissem o divórcio caso os maridos não lhes dessem uma quantidade diária de café.

10 - Kiva Han, a pioneira
Se hoje você se delicia ao sentar em uma cafeteria para absorver o aroma e o sabor do café enquanto aprecia a paisagem, deve esse bom momento à Kiva Han. A primeira cafeteria do mundo foi inaugurada entre os séculos XIV e XV, em Constantinopla, hoje Istambul, maior cidade da Turquia. Já naquela época, era um local de encontro para quem queria relaxar e ter longas conversas regadas a café.

Oferecimento: Café Orfeu