author photo
Há mais de 20 cursos rápidos e gratuitos na plataforma do governo.A Escola do Trabalhador é a nova aposta do Governo Federal para capacitar os brasileiros. A plataforma digital reúne cursos gratuitos online de diferentes áreas. Confira os principais títulos e veja como se cadastrar para participar das aulas.

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente com os profissionais. É preciso buscar novos conhecimentos diariamente e se atualizar para aumentar as chances de contratação. Reconhecendo essa realidade, o Ministério do Trabalho resolveu criar uma plataforma de cursos de capacitação pela internet. A ação espera combater o desemprego no Brasil.

O que é a Escola do Trabalhador?
A Escola do Trabalhador é um site focado em qualificação profissional. A plataforma foi desenvolvida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).

A nova plataforma do governo oferece cursos profissionalizantes de curta duração, que podem ser acessados pela internet. Os títulos estão divididos em doze eixos tecnológicos e respeitam a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

Qualquer pessoa pode participar dos cursos gratuitos online da Escola do Trabalhador, afinal, eles são online e abertos à comunidade. Os alunos não pagam nada para acessar as aulas e nem precisam comprovar o nível de escolaridade. No final de cada curso, a certificação é realizada pela Universidade de Brasília.

Como os cursos são ofertados na modalidade à distância, os alunos contam com flexibilidade de horário e local de estudos.

Cursos gratuitos online da Escola do Trabalhador
Para acessar os cursos grátis do governo, é necessário ter um dispositivo com conexão à internet. O conteúdo é formado por videoaulas e atividades. Cada curso tem uma carga horária média de 40 horas.

Após concluir os módulos e obter uma boa nota na avaliação, o aluno pode emitir um certificado de conclusão do curso.

Confira a seguir a lista de cursos gratuitos da Escola do Trabalhador:


  • Processos industriais
  • Análise de riscos na construção civil
  • Análise de investimento
  • Comunicação Escrita para o Trabalho
  • Criando um negócio de sucesso
  • Demonstrações Contábeis e sua Análise
  • Elaboração de folha de pagamento de empresas
  • Fundamentos e Processos de gestão de Recursos Humanos
  • Introdução ao Excel
  • Gestão da Qualidade
  • Edição e tratamento de imagens
  • Segurança da informação
  • Higiene na indústria de alimentos
  • Português básico para o mundo do trabalho
  • Segurança da informação
  • Cuidando de pessoas idosas
  • Conhecendo o perfil do agente comunitário de saúde e o seu processo de trabalho
  • Agenciamento de viagens
  • Espanhol aplicado ao trabalho
  • Inglês aplicado ao trabalho
  • Empreendedorismo na pesca


Acesse o portal escola.trabalho.gov.br e escolha um dos cursos profissionalizantes da plataforma. Em seguida, clique no link correspondente e acesse o botão “Inscreva-se”. Na sequência, você terá que preencher um pequeno formulário, informando nome completo, CPF e e-mail. Esse cadastro, bem simples e rápido, funciona como uma matrícula na Escola do Trabalhador.

Após realizar a inscrição na plataforma, você receberá um e-mail de confirmação com as instruções para acessar o ambiente virtual de aprendizagem. Caso não tenha recebido essa mensagem, verifique a caixa de SPAM.

E aí? O que você achou da Escola do Trabalhador? Faça a sua matrícula e qualifique-se para arrumar um emprego em 2018.

Este artigo tem 0 komentar


EmoticonEmoticon

Próximo Artigo Next Post
Artigo Anterior Previous Post