-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Moradores de Pacaraima expulsam venezuelanos de Roraima (Foto: Wendel Pereira do Vale) G1 Globo
Moradores de Pacaraima expulsam venezuelanos de Roraima (Foto: Wendel Pereira do Vale) G1 Globo
Após dia de tumulto e assalto a comerciante local, moradores da cidade de Pacaraima, cidade que faz fronteira com a Venezuela expulsaram os venezuelanos.

Imagens publicadas pela agência de notícias Reuters e G1 mostram uma fila neste sábado(18) de venezuelanos atravessando a fronteira de volta ao seu país.

Leia também: Após atos de violência, 1.200 venezuelanos deixam Roraima
Segundo a Polícia Militar, a situação ocorre em razão de um assalto a um comerciante local na noite de sexta-feira(17). A suspeita é que os criminosos sejam venezuelanos. Ainda não há informações sobre pessoas detidas ou feridas.

Ainda não há informações oficiais de quantos venezuelanos atravessaram a fronteira do país neste sábado, expulsos pelos moradores de Pacaraima.

De acordo com moradores, o ato foi motivado pela insegurança causada pela grande imigração de venezuelanos na fronteira. O assalto ao comerciante local, segundo os moradores foi o estopim para revolta da população de Pacaraima contra os imigrantes venezuelanos.

Segundo a PM os venezuelanos que viviam em acampamentos improvisados foram expulsos de onde estavam e alguns tiveram até mesmo seus pertences queimados pela população.

Pacaraima está sendo atualmente a porta de entrada para venezuelanos que fogem da crise política, econômica e social no país. A estimativa do governo é de que por dia, são aproximadamente 500 venezuelanos atravessando a fronteira.

Após este grande tumulto, o Ministério da Segurança Pública informou que enviará, na próxima segunda-feira(20), 60 militares da Força Nacional para Roraima, afim de apoiar o contingente que já está atuando no estado e conter possíveis novos episódios de violência entre brasileiros e venezuelanos.

O assalto ao comerciante

O episódio envolvendo o comerciante Raimundo Nonato de Oliveira, de 55 anos foi o estopim para os ataques deste sábado. Segunda a PM, Raimundo foi vítima de um assalto quando chegava em sua residencia com um familiar na noite de sexta-feira(17).

A vítima sofreu uma lesão na cabeça, possivelmente causada por uma paulada. Familiares e testemunhas relataram aos policiais que os suspeitos eram venezuelanos. O comerciante foi encaminhado para Boa Vista em razão da gravidades dos ferimentos.

*Com informações do G1

Família venezuelana é expulsa por brasileiros que vivem em Pacaraima, ao Norte de Roraima (Foto: Inaê Brandão/G1 RR)