-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Foto Lucas Rotelli / Portal de Pinhal
Espírito Santo do Pinhal -SP - A justiça decretou nesta terça-feira(21), prisão preventiva de dois jovens suspeitos, moradores do bairro São Judas Tadeu em Espírito Santo do Pinhal. A polícia investiga a participação dos jovens na morte do advogado e ex-presidente da OAB Carlos Roberto Bineli.

Após uma investigação intensa da Polícia Civil, juntamente com o Delegado responsável pelo caso, Drº Sergio Ferreira do Carmo, os investigadores conseguiram identificar em vídeo de uma câmera de segurança próximo ao local, dois indivíduos com características muito semelhantes a dois moradores do bairro São Judas Tadeu. Nas gravações é possível visualizar quatro indivíduos suspeitos, dois deles a polícia ainda busca a identificação.

Com base nas provas disponíveis e nas características dos suspeitos, o Delegado Drº Sérgio Ferreira do Carmo, realizou uma representação junto ao Poder Judiciário, e na manhã desta terça-feira(22) a justiça acabou decretando a prisão temporária dos dois jovens suspeitos.

A Polícia recebeu informações de que os suspeitos poderiam estar nas cidades de Pedreira(SP) e Amparo(SP). A equipe de investigação esteve logo no inicio da manhã, nas cidades indicadas e realizaram buscas com auxílio da Guarda Municipal e da Polícia local, mas infelizmente não conseguiram localiza-los.

Após um dia longo de buscas pelos suspeitos, no início da noite, quando a equipe retornava para Pinhal, o Delegado recebeu a informação de que os dois jovens haviam sido detidos por uma guarnição da Polícia Militar próximo ao bairro São Judas Tadeu, em Pinhal.

Os dois suspeitos detidos ainda não prestaram depoimento a justiça, mas durante os trinta dias de prisão preventiva a polícia pretende descobrir a motivação real do crime e identificar os outros dois indivíduos que participaram da ação.

Relembre o caso, leia também: Advogado é morto a tiros dentro de sua residência em Espírito Santo do Pinhal

Redação de Lucas Rotelli
Com informações do Jhonny Laurindo / JL Notícias