-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Acusado de compra de votos, ex-vereador e esposa são presos em Mogi Guaçu
De acordo com a denúncia, o vereador "comprou" cerca de 1 mil votos, sendo que cada um custou o valor de R$ 60.

Segundo informações da Gazeta Guaçuana, o ex-vereador José Roberto Machado ( PMDB ), conhecido como Zé Roberto do Cartório, e a esposa, Márcia Canavesi, foram presos na tarde desta quinta-feira(27). Policiais Civis de Mogi Guaçu, cumpriram mandado de prisão expedido pela Justiça. Os acusados foram levador para a CPJ ( Central de Polícia Judiciária ) e se encontra em uma das salas do prédio.


Zé Roberto do Cartório foi denunciado ao Ministério Público por suposta compra de votos nas eleições municipais de 2008. Na ocasião, o ex-vereador venceu as eleições municipais como o segundo vereador mais votado, totalizando 2.378 votos.

A denúncia foi feita por Almir José da Silva, que é ex-assessor parlamentar de Zé Roberto. De acordo com Almir, o vereador "comprou" cerca de 1 mil votos, sendo que cada um custou o valor de R$ 60. A prisão é um desdobramento do processo que corre no Ministério Público.