-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Presidente da Pinhalense fará palestra durante o ConCafé

Pelo terceiro ano consecutivo, a Pinhalense participará do ConCafé Rondônia oferecendo o prêmio ao produtor campeão. A fabricante paulista é a maior parceira e fomentadora da cafeicultura de qualidade em um Estado que vem se destacando no cenário produtivo nacional, com potencial crescimento para as próximas safras.

No 3º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia, o vencedor receberá um crédito no valor de R$ 12 mil da Pinhalense, podendo investir o montante em maquinário que aperfeiçoe seu negócio, além de um troféu. O evento de premiação acontece dia 21 de setembro, no Parque de Exposições de Cacoal, no leste rondoniense.

Dentro da programação haverá palestra do presidente da Pinhalense. Reymar Coutinho de Andrade falará sobre "A importância da Inovação Tecnológica como Propulsora das Regiões Produtoras de Café do Estado de Rondônia", no painel Tecnologia e Qualidade na Cadeia de Produção e Mercado do Café, marcado para as 13h30.

A Pinhalense também exporá uma máquina conjugada, para benefício seco, e terá agentes de venda para atender os produtores interessados. São esperados centenas de cafeicultores ao evento, realização do Governo do Estado de Rondônia, por meio de parceria entre Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Emater-RO e Câmara Setorial do Café do Estado de Rondônia. Além dos três vencedores na categoria Qualidade, será premiado o produtor na categoria Sustentabilidade que obtiver a maior nota nos itens fundamentais do Currículo de Sustentabilidade do Café, da Plataforma Global do Café.

Sobre a Pinhalense
Líder mundial em tecnologia para processamento de café, a Pinhalense Máquinas Agrícolas conta com três unidades fabris que somam mais de 60 mil m² de planta industrial, em Espírito Santo do Pinhal (SP), onde foi fundada há mais de 68 anos. Com cerca de 820 colaboradores, tem máquinas em operação em quase 100 países para clientes de todos os portes, nos segmentos de café, cacau, castanha, feijão, cereais, pimenta e noz macadâmia. Detém mais de 25 patentes em diversas etapas do processamento, da recepção à exportação, e investe permanentemente em pesquisa de novas tecnologias e qualidade, para evolução dos equipamentos e instalações em funcionamento. Mais informações: http://www.pinhalense.com.br/.