-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Segundo a vítima, duas pessoas participaram da ação. O caso já esta sendo investigado pela Polícia Civil.

O velho golpe do Bilhete Premiado continua fazendo vítimas em pleno século 21 em Espírito Santo do Pinhal. A polícia informa ainda que, 90% das vítimas destes crimes são aposentados. 


Segundo informações da Polícia, a vítima, uma aposentada, estaria caminhando pela Avenida Oliveira Motta, quando foi abordada por um homem pedindo informações sobre uma loja na qual ele teria ganho um prêmio.

Um segundo criminoso que finge estar passando pelo local, entra na conversa e simula uma ligação para a Caixa Econômica Federal,  confirmando para a vítima que o bilhete estaria premiado no valor 1 milhão de reais.

Após a falsa confirmação, o golpista diz que não possui documentos, não sabe lidar com caixa eletrônico e por esse motivo estaria vendendo o bilhete.

A aposentada, vítima dos golpistas, entrou no veículo com os dois criminosos e sacou no total R$ 9 mil reais, em dois bancos. Em posse do dinheiro, os criminosos fugiram do local.



Segundo um especialista em segurança, geralmente os criminosos andam em dupla, um falso caipira e outro bem arrumadinho. O golpe inicia assim:

"O caipira aborda a vítima, diz que veio do interior e ganhou na loteria. Mas não tem documento para retirar o prêmio e esta vendendo o bilhete." A vítima tenta fugir da abordagem, mas neste momento chega o segundo golpista, se intromete na conversa e puxa um paco de dinheiro, que na verdade é um monte de papel revestido por algumas cédulas de R$ 100, e faz uma proposta. Ali começa o jogo. A vítima cresce o olho e entrega tudo o que tem de valor pelo bilhete. Ela somente percebe que foi lograda quando vai ao banco." 

A Policia Civil segue investigando o caso.