-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Homem é baleado e morre ao atacar policiais em ocorrência em Espírito Santo do Pinhal
Uma ocorrência de ameça e agressão teve um desfecho trágico na manhã deste sábado, 20/10 em Espírito Santo do Pinhal. Um homem de 31 anos morreu em um confronto com a Polícia Militar no bairro Jardim Varam.

A PM foi acionada por familiares para conter Paulo Ricardo Pereira, de 31 anos, que estava aparentemente alterado com um facão em mãos, ameaçando os familiares. Com o objetivo de conter o jovem, um dos PMs efetuou alguns disparos de elastômero (bala de borracha), um tipo de munição não letal. Segundo os policiais, mesmo assim, o jovem ainda não parou.

Testemunhas afirmam que no momento que o soldado Leme seria atingido por um golpe de facão, seu parceiro de farda, soldado Canhadas, efetuou dois disparos com uma pistola ponto 40. O disparo acertou a região do abdômen e Paulo Ricardo chegou a ser socorrido ao hospital, mas infelizmente faleceu durante o atendimento.

Homem é baleado e morre após tentar atacar PM com facão em Espírito Santo do Pinhal
A PM agiu em legítima defesa
Para o Sargento Douglas, comandante da PM de Pinhal, o policial que efetuou o disparo seguiu os procedimentos de orientação da corporação e agiu em legítima defesa. Segundo o delegado Dr. Sérgio Ferreira do Carmo, que acompanha o caso, Paulo Ricardo tinha problemas psiquiátricos e possivelmente teve um surto psicótico.

Todos os procedimentos de polícia judiciária foram adotados e as armas dos policiais foram apreendidas e o caso passa a  ser apurado pelas polícias civil e militar. Nas redes sociais parentes e amigos lamentaram o ocorrido, dizendo que o jovem era querido por todos.

Com informações a Polícia Militar e do Jhonny Laurindo.