-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
Veja o total dos bens declarados, dos valores recebidos para as campanhas e as origens dos recursos informados por cada um dos deputados mais votados em Espírito Santo do Pinhal.

O patrimônio de oito dos candidatos eleitos em São Paulo nas eleições 2018 atinge o valor de R$ 133.205.722,22. O montante é referente aos oitos deputados federais e estaduais mais votados em Espírito Santo do Pinhal.

Leia também: Conheça os deputados estaduais e federais mais votados em Espírito Santo do Pinhal

Todos os candidatos tiveram até o dia 15 de agosto, deste ano, para declarar os bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que disponibilizou todos os dados informados através da página do órgão na internet. O maior patrimônio declarado é o do deputado federal eleito Professor Luiz Flávio Gomes (PSB) que corresponde à quantia de R$ 119.810.503,06. Já o menor patrimônio declarado à instituição foi o deputado federal eleito Roberto Alves (PRB) que corresponde à quantia de R$9.746,25.

Com o fim do financiamento de campanhas por parte de empresas, os candidatos puderam obter recursos através de doações feitas por pessoas físicas, por partidos políticos e por outros candidatos, por meio de financiamento coletivo e utilizando recursos próprios.

Deputados federais possuem R$ 127.008.594
Arnaldo Jardim (PPS) declarou patrimônio de R$ 3.080.202,07. Ele recebeu recursos no valor de R$1.660.000,00 para a campanha. Destes, R$1.069.969,99 foram doados por pessoas físicas e R$1.228.028,11 foram doados por partidos políticos.
Eduardo Bolsonaro (PSL) declarou patrimônio de R$1.395.109,14. Ele recebeu recursos no valor de R$201.541,27 para a campanha. Destes, R$12.900,00 foram doados por pessoas físicas, R$60.000,00 foram doados por partidos políticos, R$100.000,00 foram doados por candidatos, R$21.641,27 foram doados através de financiamento coletivo e R$7.000,00 através de recursos próprios.
Joice Hasselmann (PSL) não declarou nenhum patrimônio. Ela recebeu recursos no valor de R$234.792,00 para a campanha. Destes, R$121.950,00 foram doados por pessoas físicas, R$100.000,00 foram doados por partidos políticos e R$12.842,00 foram doados através de financiamento coletivo.
Capitão Augusto (PR) declarou patrimônio de R$596.000,00. Ele recebeu recursos no valor de R$2.182.727,75 para a campanha. Destes, R$2.000,00 foram doados por pessoas físicas, R$2.159.627,75 foram doados por partidos políticos e R$5.500,00 através de recursos próprios.
Baleia Rossi (MDB) declarou patrimônio de R$2.014.717,03. Ele recebeu recursos no valor de R$1.602.000,00 para a campanha. Destes, R$2.000,00 foram doados por pessoas físicas e R$1.600.000,00 foram doados por partidos políticos.
Kim Kataguiri (DEM) declarou patrimônio de R$102.317,46. Ele recebeu recursos no valor de R$292.910,98 para a campanha. Destes, R$213.538,99 foram doados por pessoas físicas, R$14.189,99 foram doados por candidatos e R$65.182,00 foram doados através de financiamento coletivo.
Professor Luiz Flávio Gomes (PSB) declarou patrimônio de R$ 119.810.503,06. Ele recebeu recursos no valor de R$1.602.528,04 para a campanha. Destes, R$7.950,00 foram doados por pessoas físicas, R$4.572,05 foram doados por candidatos e R$1.590.000,00 foram doados através de recursos próprios.
Roberto Alves (PRB) declarou patrimônio de R$9.746,25. Ele recebeu recursos no valor de R$1.181.865,50 para a campanha. Destes, R$27.500,00 foram doados por pessoas físicas R$1.154.365,50 foram doados por partidos políticos.

Deputados estaduais  possuem R$ 6.197.128
Barros Munhoz (PSB) declarou patrimônio de R$ 621.408.26. Ele recebeu recursos no valor de R$982.300,00 para a campanha. Destes, R$382.300,00 foram doados por pessoas físicas e R$600.000,00 foram doados por partidos políticos.
Janaína Paschoal (PSL) declarou patrimônio de R$  2.415.239,93. Ela recebeu recursos no valor de R$58.514,00 para campanha, doados de recursos próprios.
Campos Machado ( PTB ) declarou patrimônio de R$1.800.886,15. Ele recebeu recursos no valor de R$984.125,00 para a campanha. Destes, R$3.000,00 foram doados por pessoas físicas, R$325,00 foram doados por candidatos e R$980.800,00 foram doados por partidos políticos.
Arthur Mamãe Falei (DEM) declarou patrimônio de R$550.424,00. Ele recebeu recursos no valor de R$245.745,08 para a campanha. Destes, R$120.850,00 foram doados por pessoas físicas, R$8.521,00 foram doados por candidatos, R$40.000,00 doados de recursos próprios e R$76.374,08 de financiamento coletivo.
Altair Moraes (PRB) declarou patrimônio de R$80.000,00. Ele recebeu recursos no valor de R$595.545,50 para a campanha. Destes, R$3.895,00 foram doados por pessoas físicas e R$591.650,50 foram doados por partidos políticos.
Marta Costa (PSD) declarou patrimônio de R$453.446,03. Ela recebeu recursos no valor de R$985.000,00 para a campanha doados por partidos políticos.
Cauê Macris (PSDB) declarou patrimônio de R$276.611,77. Ele recebeu recursos no valor de R$566.823,10 para a campanha. Destes, R$371.623,10 foram doados por pessoas físicas, R$170.000,00 foram doados por candidatos e R$25.000,00 foram doados por partidos políticos.
Gil Diniz (PSL) não declarou nenhum patrimônio. Ele recebeu recursos no valor de R$8.835,00 para a campanha resultado de financiamento coletivo.

Matéria exclusiva do Portal de Pinhal