-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
A quase 30 dias sem resposta, presidente da Câmara Municipal promete tomar as devidas providências caso as informações não cheguem.

Espírito Santo do Pinhal - Cabe a vereadores, além de legislar, a fiscalização dos gastos e atos da prefeitura. Um aliado nesse controle são os requerimentos de informação, recurso parlamentar utilizado para obter da cópia de um contrato ao percentual de salas de aula da rede pública com ar-condicionado, por exemplo.

Na última sessão da Câmara Municipal, a vereadora e presidente Cristina Brandão Domingues (MDB) protestou contra a falta de resposta da Prefeitura de Pinhal a seu requerimento sobre o contrato com a Tuga (responsável pelo transporte público).

O requerimento busca saber o número de usuários pagantes por dia, o número de não pagantes, quantas carteirinhas de idosos, portadores de deficiência e estudantes, entre outras perguntas. O requerimento foi subscrito por todos os Vereadores. Segundo denúncias, a empresa não vem cumprindo a lei municipal que estabelece gratuidade a pessoas acima de 60 anos. Leia a matéria completa clicando aqui.

É lamentável e absurdo que um requerimento aprovado em 8 de outubro fique sem resposta. O Departamento de Obras e Planejamento Urbano alegou que esses dados são controlados pela empresa e que as questões formuladas pelos Vereadores foram encaminhadas à Tuga no dia 11 de outubro, mas, até o momento, nenhuma informação chegou a essa Casa de Leis.

Quero protestar porque é um desrespeito ao Poder Legislativo, é um absurdo o município não ter nenhuma informação sobre os detalhes do contrato de concessão do transporte público com essa empresa. Oficiei ao Prefeito, que foi Vereador por três mandatos, solicitando que responda em até 15 dias ao requerimento através do seu departamento competente, como determina a Lei Orgânica do Município. Do contrário, se essas informações não chegarem a essa Casa de Leis, vamos tomar as devidas providências

disse a vereadora e presidente da Câmara, Cristina Brandão Domingues (MDB).


Insatisfação dos usuários chega a 75%

Em uma enquete que ainda está sendo realizada no facebook do Portal de Pinhal, aponta que 75% das pessoas dizem estar insatisfeitas com os serviços prestados pela empresa Tuga. Este resultado reflete a insatisfação de 107 usuários que participaram da enquete. A votação ainda continua até domingo(11). Clique aqui para participar.

Com todo esse transtorno, a população pinhalense pede cobrança dos vereadores para que a Prefeitura Municipal de Espírito Santo do Pinhal cumpra com a Lei Orgânica do Município e entregue o quanto antes as informações solicitadas.