-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Criminoso que estava de 'saidinha' mata cachorro a facadas em Albertina
Segundo informações da polícia, o autor do crime que fugiu, estaria cumprindo pena por ter matado sua esposa a facadas e por ter cometido diversos assaltos.

Um cachorro da raça SRD (Sem Raça Definida) foi morto com duas facadas na noite da última terça-feira (11), em um sítio, na cidade de Albertina,MG ( 15 km de Espírito Santo do Pinhal ). De acordo com informações Relatadas no Boletim de Ocorrência, o autor do crime, que estaria de indulto (saidinha), havia ameaçado a irmã e a sobrinha de morte minutos antes de matar o animal. O autor fugiu do flagrante.

“A irmã do criminoso, disse aos militares que seu irmão, de 31 anos, estaria de saidinha do presídio de Franco da Rocha/SP para tratamento psiquiátrico, porém, sem poder, acabou ingerindo bebida alcoólica e acabou tendo um surto. E que diante do comportamento agressivo e temendo por sua vida e de sua filha de dois anos fugiu da residência e se escondeu na residência de sua irmã”.

O resgate do animal foi feito por policiais militares que o socorreram até um veterinário, porém, ele não resistiu e veio a óbito. Uma protetora independente especializada na recuperação e adoção de animais abandonados usou as redes sociais para denunciar um crime cruel e repudiar o ato.

“Eu protetora independente, repudio uma ação monstruosa e cruel como essa. A questão de postar nas redes é para que as pessoas se conscientizem e entendam que todos somos fiscalizadores e devemos tomar atitudes. Os animais não tem voz, nós somos a voz deles”, disse Bruna Machado.

O registro da ocorrência foi encaminhado a Polícia Civil de Jacutinga para que as devidas providências sejam tomadas. O autor do crime está cumprindo pena por ter matado sua esposa a facadas e por ter cometido diversos assaltos. Ele tem até o dia 15 de dezembro para se apresentar a Justiça do Estado de São Paulo.

Fonte e fotos de A Gazeta de Jacutinga