-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Preso homem que matou covardemente as enfermeiras da Santa Casa de Mogi Mirim
Foi preso pela GCM de Mogi Mirim durante a madrugada desta sexta-feira(14) o homem que matou as enfermeiras Maria Silvoneide e Alessandra Barbosa no início da noite de quinta-feira (13) em uma estrada rural de Artur Nogueira. O assassino se chama Mateus Nogueira, 27 anos e assim como as vítimas, é morador de Conchal(SP).

Leia também: Funcionárias da Santa Casa de Mogi Mirim são encontradas mortas com sinais de crueldade

Ele foi preso durante a madrugada após ter sido encontrado pela GCM de Mogi Mirim andando pela Rodovia dos Agricultores (Mogi Mirim-Artur Nogueira) só de cueca e alegou ter sido assaltado, mas depois acabou confessando o crime e mostrando aonde abandonou o carro da vítima, em um canavial de Mogi Mirim, no local do crime foi encontrado pertences das vítimas e partes do veículo.

Segundo a Polícia Civil, Mateus era conhecido de uma das vítimas e já havia trabalhado junto em um clinica para idosos em Conchal(SP). O assassino estava com as vítimas de carona para Mogi Mirim.

O homem que é casado,  disse que teve um surto psicótico após usar cocaína, por isso acabou matando as duas a socos e pontapés e ainda usou o carro de uma das vítimas para terminar de matá-las.

O carro delas foi encontrado no meio de um canavial em Mogi Mirim. No local do crime em Artur Nogueira, os policiais encontraram uma peça do carro e os celulares das vítimas.

Mateus está preso e a Polícia Civil segue com a investigação sobre o caso, apurando detalhes.

Fonte e fotos: Mogi Guaçu Acontece