-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Corte de verba coloca em risco Projeto Guri, presente em Pinhal e mais 10 cidades da região
Uma campanha esta sendo divulgada no Facebook com a hashtag #FicaGuri. Projeto oferece cursos de música para crianças a partir de 6 anos até jovens de 18 anos. Secretário de Cultura de SP confirma corte de R$ 150 milhões na Pasta e impacto sobre os polos do projeto.

O Projeto Guri que recebe verba da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo está sob risco de acabar, após anúncio de corte de cerca de R$ 150 milhões na verba da Pasta. Na região de Campinas, 11 cidades possuem o serviço, que oferece cursos de música para crianças e adolescentes no contraturno escolar.

Os municípios que possuem atendimento atualmente são: Águas de Lindoia, Campinas (duas unidades), Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Indaiatuba, Monte Mor, Pedreira, Santo Antônio de Posse, Santo Antônio do Jardim, Sumaré e Vinhedo.

Em todo o estado são, aproximadamente, 600 polos que atendem meninos e meninas entre 6 e 18 anos de idade. A Secretaria informou que professores do projeto receberam aviso prévio, mas, oficialmente, nenhum polo foi fechado ainda.

A Associação Amigos do Guri, responsável pela gestão das unidades no interior e no litoral, disse ao G1 neste sábado (30) que está tentando reverter essa situação, ainda em processo de negociação. A entidade confirma que alguns professores entraram em aviso prévio, mas não informou o número.

A Amigos do Guri [...] não obteve da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, nossa principal mantenedora, a confirmação de que iremos receber os recursos que seriam necessários à manutenção de atual rede de atendimento. Estudo preliminar indica a necessidade de um possível fechamento de polos na região, cujos funcionários entraram em aviso prévio ontem. O Projeto Guri segue em negociação com a Secretaria para reverter essa situação 
diz a nota.

Contingenciamento
Em entrevista divulgada pela Pasta nesta sexta-feira (29), o secretário Sérgio Sá Leitão afirma que o estado tem um déficit fiscal projetado em R$ 10,5 bilhões e que um contingenciamento de R$ 5,7 bilhões afetou todas as áreas, incluindo a Secretaria de Cultura.

No nosso caso, isso nos obriga a fazer um corte, uma redução, de cerca de R$ 150 milhões no orçamento das Organizações Sociais que cuidam de diversos programas, instituições, ações, entre elas, as OSs que cuidam do Projeto Guri. Nós estamos conversando com essas organizações sociais para mitigar o impacto desse contingenciamento para buscar o menor impacto possível no programa e, claro, sobre os usuários. Mas, algum impacto certamente haverá.

afirma Leitão.

A Secretaria não deu um prazo para divulgar quais unidades terão as atividades suspensas ou encerradas.

Em janeiro deste ano, a região teve 320 vagas abertas em 9 cidades. Em fevereiro, só o polo de Sumaré abriu 254 vagas. O número total de alunos não foi informado pela Pasta.

Por nota, a Secretaria disse que o impacto do contingenciamento nos programas, instituições e ações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa está sendo avaliado.

As metas são minimizar as consequências e buscar mais eficiência e mais eficácia. Estamos fazendo reuniões individuais com cada uma das 18 organizações sociais, incluindo as gestoras do Projeto Guri, para definir as prioridades e os ajustes necessários. Trata-se de um imperativo da realidade orçamentária do Estado
diz o texto.

Na entrevista, Sá Leitão afirmou que
quando houver a recuperação fiscal do estado, o projeto voltará a funcionar integralmente.
Sobre o Projeto Guri
O Projeto Guri é mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e, segundo informações do site oficial da instituição, oferece cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão.

Por ano, mais de 50 mil alunos são atendidos. Desde que começou, em 1995, já atendeu cerca de 770 mil jovens no estado.

Fonte G1 Notícias