-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Profissões do futuro e a sua relação com o inglês
Dominar um segundo idioma pode ser sinônimo de sucesso profissional

Se há alguns anos saber falar um outro idioma era um diferencial para carreira, hoje não é mais. Não adianta apenas ser uma pessoa talentosa, não ter o inglês no currículo é sinônimo de desvantagem. Além disso, pensando nas profissões do futuro é praticamente impossível crescer profissionalmente ou até mesmo, conseguir uma oportunidade, sem o domínio de outra língua.

O Cambridge English e o QS Intelligence Unit, que atua com coleta de dados do mercado empregador e de educação realizou um estudo que aponta que 95% dos empregadores de países não nativos do idioma o consideram importante e o reconhecem como a língua dos negócios. No Brasil esse é um aspecto que ainda precisa melhorar: apenas 78% dos gestores da alta liderança têm o domínio necessário de inglês para ter sucesso em seus trabalhos.

Conheça algumas profissões que tem o inglês como requisito indispensável:

TI e tecnologia
Essa é uma área em ascensão, ou seja, profissão que compõe o mercado e que crescem a passos largos. Os softwares e códigos de programação empregados no cotidiano são criados nesse modelo. E, justamente por isso, que a Tecnologia da Informação tem o idioma como pré-requisito obrigatório para qualquer pessoa que deseja se especializar. E vale a pena, viu? O salário do ‘TI’ pode chegar a até R$ 16 mil por mês.

Comunicação
A área de comunicação abrange inúmeras habilidades e profissões (como publicidade, audiovisual, relações públicas e marketing), e a cada ano muitos profissionais recém-formados chegam ao mercado. Isso faz com que a concorrência seja maior e, consequentemente, que as empregadoras acrescentem algumas exigências a mais na hora da contratação. E o inglês é sempre uma delas.

Administração
Gerir uma empresa envolve muito mais que só uma grande ideia: é preciso ter contato com fornecedores, lidar com clientes e parceiros e contratar funcionários. E ainda é preciso estar atento aos movimentos do mercado e da economia e, perante o mundo cada vez mais globalizado que vivemos, não falar inglês deixa qualquer empresário de fora disso.

Turismo e hotelaria
O Brasil é um país repleto de belezas naturais, o que faz com que, dentre outros fatores, um dos maiores focos em algumas cidades – principalmente na região Nordeste – seja o turismo. E se engana quem acha que a área já está saturada. Ainda há muito espaço para quem domina o idioma, já que o inglês é a língua de comunicação universal das pessoas pelo mundo.

Carreira acadêmica
Para os que almejam seguir a carreira acadêmica, o inglês também se torna indispensável, já que ele é a principal via de comunicação em intercâmbios entre instituições brasileiras que possuem programas de internacionalização do ensino superior e seus parceiros no mundo.

Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil