-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Processo fere o direito constitucional à livre manifestação.

Os vereadores de Espírito Santo do Pinhal estão mais preocupados com as críticas que recebem nas redes sociais do que com os problemas que a população enfrenta no dia a dia.

Por este motivo, a Câmara Municipal moveu uma ação contra um cidadão pinhalense que, fez críticas na redes sociais ao poder legislativo.

A justiça condenou o cidadão a pagar uma cesta básica no valor de R$ 300.

Em forma de protesto, população se uniu nas redes sociais para ajudar a pagar a condenação.